Piscinas: Sistema de recirculação e tratamento e seleção do filtro

Sistema de recirculação e tratamento

O sistema de recirculação e tratamento da água de uma piscina inclui toda a tubulação, equipamentos e dispositivos destinados à filtração, aquecimento e desinfecção da água. Seus principais componentes são: As tubulações, filtros, bombas de recirculação, pré-filtros, drenos ou ralos de fundo, coadeiras, dispositivos de retorno, dispositivos de aspiração, dispositivos de hidroterapia, dosadores de produtos químicos, visores de retrolavagem e aquecedor(veja esquema abaixo.)

Seleção do filtro

Os filtros para piscinas devem ser dimensionados a partir do volume de água contido no tanque e do tempo de recirculação desse volume de água.

O tempo de recirculação é o tempo necessário à filtração de um volume de água igual ao volume do tanque através do sistema de recirculação e tratamento. Esse tempo deve ser inferior ao tempo máximo indicado na tabela, reproduzida da norma NBR10339 da ABNT. A norma NBR9819 da ABNT classifica as piscinas, quanto ao uso, em:

a) públicas – destinadas ao uso público em geral(ex.: centros comunitários);

b) coletivas – destinadas ao uso exclusivo dos associados a uma entidade(ex.: clubes, escolas e associações);

c) de hospedaria – destinadas ao uso de hóspedes(ex.: hotéis, motéis e casas de banho);

d) residenciais coletivas destinadas ao uso de residentes permanentes(ex.: condomínios, asilos, penitenciárias e sanatórios);

e) residenciais privativas – destinadas ao uso de familias.

Profundidade do tanque da piscina Classes de piscinas
Públicas, coletivas, de hospedaria e residenciais coletivas Residenciais privativas
Profundidade máxima até 0,6 m 2 Horas 6 Horas
Profundidade mínima inferior a 0,6 m e
Profundidade máxima superior a 0,6 m
4 Horas 6 Horas
Profundidade mínima entre 0,6 m e 1,8 m 6 Horas 8 Horas
Profundidade mínima superior a 1,8 m 8 Horas 12 Horas
Fonte: Jacuzzi